(Nampula) São sensivelmente 20 minutos depois da hora 7. Uma chamada telefónica alerta-nos de uma situação estranha e irregular no âmbito da candidatura de Filomena Mutoropa, que durante 13 dias de campanha foi tida como candidata ao cargo de Presidente do município da cidade de Nampula, pelo Partido Humanitário de Moçambique, PAHUMO.
A situação irregular era: a candidata do PAHUMO não aparece nos boletins de voto ao cargo de Presidente do Conselho Municipal, realidade que, logo à partida, impossibilita Filomena Mutoropa de eleger em si e ser eleita.

Leia mais...

(Beira) À hora de fecho do mediaFAX ainda não há resultados oficiais no município Beira, mas os dados recolhidos nas urnas tornam mais que clara a vitória de Daviz Simango, candidato do Movimento Democrático de Moçambique (MDM).
Daviz Simango, que votou precisamente às 7h00 desta quarta-feira, na Escola Primária Completa (EPC) de Palmeiras 2, concorre para um terceiro mandato.

Leia mais...

Visto por muitos como uma das últimas reservas morais do movimento de libertação, Jorge Rebelo diz em entrevista ao SAVANA que está decepcionado com a Frelimo actual, mas reconhece que neste momento não vê alternativas. Eterno admirador de Samora, Rebelo, um dos fundadores da Frelimo, onde foi o temido secretário do trabalho ideológico, afirma que se o proclamador da independência de Moçambique voltasse não ficaria contente com a situação que se vive no país. Lamenta o facto de actualmente o país estar infestado de lambebotas, porque, segundo ele, as pessoas são escolhidas na base da sua capacidade de lamber as botas do chefe. Numa conversa amena, onde a ideia era falar do legado de Samora (amanhã, sábado, passam 27 anos após a sua morte), Rebelo aceitou abordar o tema de sucessão na Frelimo e defende que não há necessidade de reuniões dos órgãos do partido (Comité Central e reunião nacional de Quadros) “porque hoje já há um pensamento comum”. O tema sobre as críticas dirigidas directamente a alguns colaboradores de Samora nalguma imprensa em que os apelida de “revolucionários da desgraça” foi incontornável. Amanhã, (sábado 19 de Outubro), passam 27 anos após a morte de Samora Machel. O sr. Jorge Rebelo conviveu muitos anos com o presidente Samora. Que recordações guarda do homem que proclamou a independência de Moçambique?

Leia mais...

OFundo Monetário Interna- cional (FMI) estima que a indústria extractiva conti- nuará, “a curto prazo”, a ter naturais na economia moçambicana vêm expressas  no relatório do Con- selho Executivo da instituição sobre a última consulta com as autoridades tiveram um impacto significativo,

Leia mais...

Omomento decisivo do des- calabro da greve observada entre Maio e Junho pela Associação Médicavras. Que provem eles, onde estão es-critas as palavras de que fui obrigado afazer a declaração na televisão? Quan-do fui à AMM, o doutor Arroz estava também

Leia mais...

Quem esta online

Temos 31 visitantes e Nenhum membro online

Publicidade

TEMPO

ipage coupon

Facebook Like